sábado, 30 de agosto de 2008

As minhas memórias do Conservatório de Música do Porto


Depois de 10 anos no Conservatório, metade da minha vida, decidi fazer um flashback. É incrível ver que há tão pouca gente desse tempo… Bem, aqui vão algumas recordações:




  • Ainda me lembro de a reprografia ser no vão de escadas, ao pé da sala Ivo Cruz, onde agora se guardam os instrumentos do Conservatório. As fotocópias eram a 5 escudos, e as folhas de música para os testes eram a 10 escudos =P as coisas de que eu me lembro…

  • O bar rafeiro que existia antes da D. Fernanda. Depois esteve fechado uns anos, até que a Nandinha apareceu e pôs aquilo tudo catita!

  • As salas da cave que tinham as portas com vidros, como ainda tem a sala 14.

  • O buraco enorme que havia na porta da cave 1. Tantos exames orais expreitamos por aquele buraco =P

  • Uma mesa de madeira que havia à porta da cave 1. Sempre que esperávamos pelas aulas distraíamo-nos a tirar lasquinhas de madeira do tampo. No meio a mesa já estava furada xD

  • O piano que caiu do primeiro andar na cave 9. Ainda me lembro de ver um grande plástico no tecto a tapar o buraco =P

  • A primeira máquina de snacks que estava na cave e que não tinha saída nenhuma;

  • O “pai” do Kikko que estava à porta da casa de banho do rés-do-chão. Ainda me lembro da primeira máquina que tinha Cap-Choc! Uma deliciosa mistura de Capuccinho e Chocolate quente =D mnham mnham!

  • A escadaria principal do Conservatório que estava fechada com um cordão e ninguém podia passar por lá. Excepto a Prof. Isabel Mallaguerra que tirava o cordãosinho, passava para o outro lado, voltava a prender o cordãosinho, e subia as escadas =P

  • Estão a ver aquela árvore enorme, do lado esquerdo da fachada?? Eu ainda me lembro da “irmã” que estava do lado direito. E ainda me lembro de a ver toda partida pelo raio que lhe caiu em cima !!! Agora só lhe resta a raiz…

  • A minha prova de admissão, quando tinha 9 aninhos =P [O prof. João Pedro diz que ainda se lembra de me ver de chupeta, mas nessa altura eu já não usava disso!! Hum…] Dos elementos do júri só me lembro do prof. José Paulo Jesus. A prova foi na cave 7 Óscar da Silva =’)

  • Lembro-me de ver a Filó no dia das provas de admissão =P Ela era a única criancinha que já levava instrumento para a prova. E um violoncelo não passa despercebido =P O bijusinho….

  • A minha primeira audição!!! Primeira e única audição de violino que fiz… Foi na sala 20 Guilhermina Suggia, num sábado de manhã, no meu 2º grau de violino… O pianista acompanhador foi o prof. Serghei Covalenco =)

  • As inúmeras ameaças de bomba! Parece que estavam na moda… De uma das vezes o edifício foi evacuado, só a polícia ficou lá dentro. A Estrela, a nossa Estrelinha de percussão, chegou, viu aquilo tudo mas não percebeu o que estava a acontecer. E muito destemida lá entrou ela para ir ao quarto de banho xD hihihi Olha se a ameaça fosse verdadeira…

  • O incêndio no corredor da sala 16. Ainda lá tem um bengaleiro encostado à parede, a disfarçar a mancha preta da parede queimada.

  • As aulas de formação Musical. O diabólico Fontaine!!! Quem não se lembra do Fontaine!!! A seguir à tabuada, o Fontaine foi o que mais temi em toda a minha vida!!!! =D E também me lembro qu nas provas orais tinhamos de escolher uns papeisinhos com o número do Fontaine que tínhamos de fazer. Não é por nada, mas desconfio que os papeisinhos tinham todos o mesmo número… Saía a toda a gente o Fontaine mais difícil! Sempre!!! =S

  • O Hindemith, o sucessor do Fontaine =/

  • Os testes de Formação Musical todos tocados no piano. Não havia cá modernices…

  • As dezenas de “medíocres” que tive a Formação Musical até ao 3º grau;

  • Os 19 valores do exame oral de 3º grau!!! =P Bem, do segundo exame de 3º grau que fiz xD

  • O meu exame escrito de formação musical de 5º grau atrapalhado pelo ensaio dos sopros para o West Side Story =S

  • O inferno que foi entender o que era a divisão ternária =S

  • A prof. Laura Neves, a minha professora de formação musical até ao 3º grau. Bem, até ao meu primeiro 3º grau =P Os óculos que ela usava =) e o dedal de borracha com que virava as nossas fichas todas as aulas para fazer a chamada…

  • Os meus professores de violino: o prof. Cunha e Silva, que na época era Presidente do Conselho Executivo, e que pela falta de professores de violino também dava aulas, e o prof. José Paulo Jesus;

  • O prof. Rogério, um professor de violino muito simpático, que desapareceu no início do ano lectivo em que entrei no conservatório =P

  • O violoncelista que ensaiava na casa de banho xD

  • Todos os invernos, os baldes a apanhar a água da chuva na escadaria;

  • A excitação que eram os ensaios de coro com orquestra;

  • As primeiras pinturas da parede da sala 29, que já não existem…

  • Os concertos de Coro na escadaria;

  • O concerto em homenagem a Bach, com professores e alunos, em que todo o coro ia de preto com lenço vermelho, e eu fui… de branco =/ toim*

  • Quando tentamos abrir a porta da sala 27, e só depois percebemos que do outro lado da porta havia… uma parede =/ hihihi

  • Todas as vezes que larguei as minhas coisas nos corredores, às vezes horas seguidas, e nunca ninguém lhes mexeu;

  • Um pedaço de parede que “alguém” tirou, e um extintor que o mesmo “alguém” abriu na cave =P

  • A época em que a secretária dos funcionários na entrada estava do lado oposto, e que era só uma mesinha baixa =) e quando a entrada não se fazia pela porta do meio, mas pela porta da ponta ;

  • As inúmeras pessoas que conheci e de que ainda me lembro, mas que deixaram o Conservatório, a Música, e nunca mais vi.

  • E assim passei por 10 anos, 3 Conselhos Executivos diferentes, as comemorações dos 85 e dos 90 anos do Conservatório de Música do Porto, e felizmente, um único e deslumbrante edifício…



E é fantástico lembrar de todos os professores maravilhosos que tive (à excepção de um, mas esse nem lá devia estar xD e de mais outro que não bate bem da pinha), alguns mais especiais que outros, e que mais do que professores, são amigos. Em especial o professor João Pedro que me descobriu lá no meio do coro e me sugeriu ir para canto, e claro, a professora Palmira Troufa a quem tanto devo, e que é e sempre será a minha mestra!

5 comentários:

jag.paulo@sapo.pt disse...

E não é que a Miuda se esqueceu do Pai que foi empurrado para a Associação de Pais, onde permaneceu 8 anos?

Inês disse...

q memórias('=

descobri agora q tambem estou há metade da minha vida (8 anos, agora 9) no conservatorio..

as coisas que te lembras(x saudades(:

(a minha qerida maqina da cave, q no inicio, na adesão ao euro, não aceitava moedas de 2€, mas saíam os produtos na mesma, ou seja comida à borla!!eheh)

gostei^^
o conservatorio n vai ser o mesmo sem ti...sniff^^

bjo grande*
inês abrunhosa

PS.: ñ podemos esquecer da grande mesa que estava em frente da cave 8, toda riscadinha, mas dava para descansar as pernas enquanto esperava ansiosamente pelas aulas de formação musical do meu preparatório com a Prof. Sandra Ferreira Ferreira (ah pois é, n bastava 1 apelido(x, enfim, modernices...

Lúcia disse...

Realmente a quantidade de coisas que te lembras...

Embora este vá ser o meu 7º ano la, ja nao me lembro de muitas das coisas de quando entrei...excepto dessa mesa em frente à cave 1 e as portas das caves...inesqueciveis ehehe

Sem duvida que sao momentos e imagens para recordar (agora que nos querem mandar pa fora dali =/)


Vamos ter muitas saudades :')


Beijooo*
Ana Lucia Rebelo

ps-nao esquecer a brigada anti-staff...muito importante no combate a certas e determinadas pessoas (cujo-nome-nao-deve-ser-pronunciado)lol

Lúcia disse...

ahhh, esqueci-me de referir quando a recepçao era uma mesinha de metal, cheia de ferrugem XD

Mariovesky disse...

Aqui vai o comentário da "prata", ou melhor do pó, da casa, que sou eu...

Muitos e importantes amigos fiz dentro daquele casarão...

Era muito fixe ter aulas na cave 2 e ouvir o prof Ancleto na cave 9 com a sua boa disposição e cantorias de todas as manhãs..

Das aulas de grupo da prof Palmira, em que eu, tu e a Joana, pparecíamos q não nos víamos à um ano, e a bagunça que provocávamos... Sendo as minhas capas as prejudicadas com tantos bons desenhos... =)

E tantas outras, q quando me lembrar digo....

Beijinhos!!